Pesquisa
avançada
12781 joguetes
  • então tá

Eis um verdadeiro gaymake do jogo da Konami. É bem mais fácil, só começa a ter alguma dificuldade a partir da fase 4 e mesmo assim nem se compara ao de MSX. Os gráficos são estranhos, os cenários são bons, mas os bonecos e itens tem desenhos ruins e com cores trouxas que lembram esses joguetes java genéricos de 10 anos atrás. A jogabilidade está quebrada e tem vários detalhes errados que o de MSX acertava, como os angulos dos tiros dos inimigos e a energia deles e até o padrão de ataque dos mestres, como por exemplo o tiro bumerangue do segundo mestre que agora só vai reto e some da tela. As músicas, apesar de serem as mesmas do original, tem o som ruinzão, os instrumentos parecem aqueles MIDI dos anos 90, a música da fase 2 mesmo é grotescona, e nas fases adiantadas, como na 7, resolveram por nada copiar até uma música do Castlevania. Rola o bug do score infinito, legítima prova do jogo feito nas coxas: os itens de ganhar vida no MSX aparecem só uma vez e se tu morre não voltam a aparecer, mas aqui eles sempre aparecem, então é só pegar uma vida, matar uns inimigos, morrer, voltar pra antes da vida, pegar ela de novo e repetir até o score infinito. Os mestres também ficaram trouxões, aquele gigante mesmo que batia no chão com o pé pra abrir buracos agora é um magrão montado num caveirão que fica saltando em vez de dar o pisão. E se tu morre nos mestres e começa de novo o combate, a energia deles reseta, tornando o jogo bem mais punheta (mais punhetão, não mais difícil). O único detalhe superior é que dá pra dois ao mesmo tempo. Um jogador hardcore das parada do Knightmare vence na terceira jogada no máximo. Pra terminar de profanar bem, tem três continues e ainda tem gente nos foruns de MSX que está achando muito difícil e pede mais continues. Onde este mundo vai parar? E depois o errado sou eu. Depois os brasileiros é que no suelen programar. Vão aprender a fazer jogo com o Locomalito, miogs.