Pesquisa
avançada
12789 joguetes
  • PC DOS
  • 1996
  • 3 CDs
  • 1
  • Digitalizados
  • entrada nada a ver

  • a cidade pacífica de Harvester com os Tuckers

  • o magrão tendo pesadelos gore

  • a merda em close só para CHOCAR

  • já começa com viadagem

  • eis uma dica das boas

  • essa dica é melhor ainda!

  • outra dica que me fez morrer de rir

  • gordofobia logo no início do jogo. o autor nunca me enganou

  • olhando a gaveta

  • o teu irmão dizendo coisas que não conectam no jogo. o autor deve ter esquecido dessa fala

  • conversando com a mãe. respostas totalmente aleatórias para as falas :-(

  • o bebê comendo uma aranha. que chocante heim? (não tem relação com o jogo também)

  • fora da tua casa

  • parte do mapa de Harvester

  • entrada da General Store, onde só tem COISA BOA pra comprar

  • nossa, morri de rir agora. sério! o autor é mais gozado do que o Jimmy Fallon!!!

  • tem que comprar a revista de bronha. pena que não dá pra ler

  • o jogo já dá a dica descarada de que quem curte bronha é o Deputy Loomis

  • aviadando descaradamente na frente do Post Office

  • ohh ahh wow!

  • conversando com o caipirão caçador de aliens, dentro da barbearia

  • veja! ele caçou um alien e coloca o troféu dele como se fosse um ANIMAL! auu auuu!

  • a casa da Wasp Woman, que não serve PRA NADA no jogo

  • enrolação riponga da porra. e o autor deve ser achar o tal colocando essas merdas no jogo :(

  • gordinho fresco falando sobre do que ele mais gosta

  • o Lodge! o jogo inteiro se passa em volta disso. o autor não tinha argumento nenhum mesmo

  • o Coronel Buceta protegendo a base de mísseis. não serve pra nada também. só para dar uns game ovo se ele achar que tu és comuna nas falas

  • o coronel protege um botão que causa um holocausto nuclear

  • como ele não possui a metade do corpo. se ele te fuzila, ele cai em cima do botão e destrói o mundo . LEGAL NÉ?

  • a tela trouxa de game ovo. acostume-se com ela, pois vai aparecer sem parar

  • o gordinho adora falar disso MESMO. compulsão fálica total

  • o Coronel Buceta explicando o que aconteceu com as pernas dele. texto totalmente retard e imbecil

  • o desenho engraçadão que o coronel fez para os seus superiores. COM LEGENDAS!

  • na entrada do cemitério que tem os puzzles mais trouxas que eu já vi

  • au auu auuuuuuuuuu

  • na frente da capela mortuária

  • dentro da capela mortuária

  • falando com o dono da capela que também é o dono do hotel

  • dentro da igreja da capela. gráficos embasbacantes, é claro!

  • os bombeiros bichas de carrinho rosa. agora as fantasias sexuais do autor começam a ficar claras

  • dentro do corpo de bombeiros. sente só :)

  • na frente do departamento de polícia. sinto que o autor ironiza irresponsavelmente os valores americanos :-(

  • com o Omar Xerife e o Oficial Bronha

  • dei a revista pra ele e ele foi bronhar numa das celas

  • pude entrar na sala das evidências. que treva total!

  • o prédio que foi incendiado. mais um gancho na história que não conecta direito

  • o restaurante da Edna. outra personagem de raso conteúdo

  • Omar Xerife trovando a Edna direto, sem ter vergonha da filha dela

  • a filha da Edna, mostrando ao mundo que as mães solteiras não merecem preconceito

  • se o jogador é preso muitas vezes... game ovo bestalhão

  • os indígenas fazendo fila na frente do studio de TV. que crítica! que eloquência!

  • mais mensagens ripongas. estou percebendo um PADRÃO nesse jogo

  • comédia violenta. auu au au uiu

  • o autografo do caubói que não serve pra nada no jogo

  • outra sala do estúdio de TV que também não serve pra nada. o autor se esqueceu de conectar isso com o jogo. tem até um cofre na parede para game ovo

  • a escola de Harvester

  • o diretor tarado e o jogo ironizando as Bake Sales. que tristeza

  • a professora sádica

  • veja!

  • quer mais?

  • GRAHAHAHA!

  • auuuuuu

  • AUUUUUUUUUUUUUUUUUUU!

  • a crítica mais CONTUNDENTE do jogo. hippies vegetarianos possuem superioridade moral, viu?

  • veja que HORROR o açougue!

  • auuuuuuuuuuuuu!

  • o hotel do legista. veja a mensagem subentendida no logotipo que falta a letra D no final

  • quando vai preso, o Omar Xerife te leva pra casa e te dá beijinho de boa noite :~(

  • na casa da tua noiva

  • o teu futuro sogro. mais críticas ao consumo de carne. CONSCIENTIZE-SE!

  • a esposa submissa. au au

  • o espelho revela toda a verdade sobre o gordinho

  • a mulher que tens que salvar

  • olhando a Stephanie pelo buraco do banheiro. AHH FAP FAP FAP FAP!

  • ahá! CHUPA ESTA, ESPARTANO!

  • os pesadelos bronha do magão

  • o inventário com o magrão todo detonado

  • opa! apareceu DO NADA um negócio quase invisível no bueiro!

  • pegando o item, rola nightfall. agora o jogo é todo assim

  • investigando os esgotos

  • invadindo a garagem do vizinho. note que o autor do jogo odeia o Texas também

  • arranhando o Tucker do vizinho porque o pessoal do Lodge mandou. simples!

  • outra tarefa imbecil

  • toma aí então! CHUPA ESTA DE NOVO!

  • dando satisfação pra guriazinha e mostrando a completa falta de lógica do jogo

  • invadindo o quarto do pai, que a mãe o mantém trancado para torturá-lo sexualmente

  • aprecie a CHARADA do MALE MODEL que os bombeiros viados adoram pintar (e provavelmente felar)

  • dsadhasjdgash que LATÃO!

  • o gordinho tentando largar a viadagem, mas ele descobre que é impossível fazer isso depois

  • o pai da guria espiando ela e bronhando sem parar

  • FOC FOC FOC FOC

  • CD 2, o prazer só começou!!!

  • um aluno que foi devidamente disciplinado

  • a BAKE SALE que não serve pra nada :(

  • tocaram fogo no studio de TV. tentaram conectar com o outro prédio em chamas, mas esqueceram de completar esse ARCO

  • te convidaram para o Lodge, finalmente!

  • invadindo a cripta da familia do vizinho e matando um bicho escroto que tava lá dentro!

  • sub zero wins!!! agora posso entrar no lodge!

  • os atores são reusados na cara de pau dentro do Lodge. e com charadas idiotas

  • auuuuuuuuuuuuuuuuuuu!

  • essas salas do Lodge representam uma viagem ao próprio interior. puta merda. não creio que escrevi isso. o jogo me fudeu de vez :(

  • só o que me faltava. esse jogo é um CU mesmo

  • entrei na cabeça do autor e consegui resolver esse puzzle psicopateando bem. esse jogo estraga a vida de quem joga mesmo

  • no 1o andar do lodge, finalmente

  • um salão de hotel. nada mais faz sentido agora

  • sim! um bar de velho oeste. por que não?

  • ou um salão moderno inútil, só para mostrar ao jogador que agora é pra se fuder total!

  • que tal uma cozinha com refeições canibais? mas tem um sanduiche tri bom ali ó

  • ou uma planta carnívora. apreciem a originalidade

  • deve ser algum comedor do autor

  • uma eca no lago

  • o autor fingindo que não gosta de vegetarianos. vai enganar outro, filho da puta!

  • o verme que passeia na lua cheia te comeu

  • olhando a água da forte. PIXEL HUNT SPOILER!

  • veja! tem um buraquinho na parede! INVISIBLE PIXEL HUNT SPOILER!

  • um monstro indescritível pronto para te comer

  • o jogo te explica a ARTE

  • auuuuuuuuuuuuuuuuuu

  • atacando uma obra de arte viva

  • PERVERSELY ABSTRACT :D :D :D

  • mais arte então

  • reusando um ator de novo :(

  • os corredores bronha com saídas escondidas

  • mais uma charada das boas. que jogo mais retard

  • e com golfinhos. hein hein?

  • toma aí uma tela inútil

  • tem até um puzzlezinho de chess

  • barbada pra caralho. o autor não sabia jogar xadrez, pelo visto

  • se clicar errado, vem uma peça gigante de xadrez te comer

  • se vences, o chessmaster abre a própria cabeça ao meio. veja! que bom!

  • o Cain matou o jogador

  • matei o palhacinho pau no cu

  • work their magic heim? tou sabendo :-(

  • outra tela nada a ver

  • agora o cara avacalha de vez

  • esse sem dúvida é o puzzle mais idiota e imbecil do jogo. não se enxerga nada e tem pouco tempo pra resolver

  • acabou o tempo. morri queimado numa tela escura

  • resolva o puzzle e ganhe... UMA CHAVE. porra. que merda. vai tomar no cu!

  • tem que colocar as tabuas pra passar. se demorar elas queimam e é para sempre :D

  • as bandeiras americanas me salvaram do esmagamento. que tipo de mensagem subliminar doentia é essa? não quero saber, na real

  • agora fica arcade total. tem até gordinho hamburguento

  • as crianças COMENDO a mãe

  • auu auuuu auuuu

  • olha isso. totalmente de adivinhar. pior que a resposta tem LÓGICA se psicopatear bem :D

  • uma tela cheia de gente morta POR NADA

  • um veterano de guerra maluco. agora o autor simplesmente desistiu de esconder a riponguice

  • auuu comer carne é ruiiiiiiiim. auuuuuuuuuuuuu

  • mais putice então

  • enrolações com moral de cueca totalmente sem sentido

  • toma aí um boquetão de um travecão

  • tem até crítica aos padrões de beleza modernos. que jogo sensacional!!!

  • ela se olha no espelho e resolve se mutilar por se achar gorda. auaua uauau auauauauauuaua au au aua

  • tem que torturar a bichinha

  • veja! :D

  • mais bobagem :(

  • agora fica nada a ver total MESMO :(

  • velhinhos choramingadores por nada

  • o penultimo mestre para enfrentar. é um yuppie televisivo que materializa inimigos :(

  • O CHEFE DE FASE! joga raiozinhos! mas é só grudar e DISSECAR. e com mais bobagens no texto, é claro!

  • o jogador chegou no final da jornada

  • entrega a boneca de pano sakamoto (ahahaha)

  • a guriazinha estava sendo torturada o tempo todo dentro do Lodge

  • mas era tudo uma realidade virtual e o jogador tem que escolher entre matar ela ou se casar com ela na realidade virtual

  • TROOOOOOOOCH!

  • SUB ZERO WINS!!! FATALITY!

  • acordam o jogador no mundo real, pois ele se tornou um SERIAL KILLER (ou um harvester. auu auu auu)

  • o jogador jogando o videogame Harvester

  • o jogador começa a psicopatear

  • psicopateando mais afu

  • agora entrando DENTRO do jogador

  • e eis que havia um DEDO NEGRO COM UNHA dentro do jogador! compensador pra caralho o FIM!!!

adventure de clicar onde tu começas na cidade de Harvester e não sabes porque foste parar lá, mas tu tens uma família, uma comunidade e até uma noiva. Resolves investigar e descobres que o lugar mais importante da cidade é um LODGE, mas tens que resolver uns puzzles para conseguires ser admitido por lá. O primeiro desafio é conseguir um formulário de reclamação, digo de admissão para o Lodge e depois disso começam a te dar tarefas AFU para fazerem provar o teu valor. Enquanto isso, todo mundo que tu interages não acredita que perdeste a memória: "YOU ALWAYS WERE A KIDDER, STEVE!". E o jogo prossegue nessa linha, com algumas bizarrices ocasionais, dando a entender que tudo é uma estranheza total.

A mecânica do jogo é simplória. Só clicar direto no cenario quando aparecer um textinho que o objeto vai ser examinado. Daí o ícone pode mudar para OPERATE ou PICK UP em alguns objetos. Também fizeram os objetos do inventário se combinarem, roubando a idéia na cara dura do Under A Killing Moon (e só usaram umas duas ou três vezes essa FEATURE). Por último, dá para falar com um monte de gente. Daí as falas geram keywords que podem ser clicadas para aumentar a gama de assuntos e algumas keywords podem ser digitadas. O problema é que ao clicar numa nova keyword, algumas keywords anteriores podem desaparecer :( mas ok, dá para digitar as antigas e tal. O jogador precisa punhetear e anotar todas as keywords que aparecem, para não PERDER NADA do jogo. Essa mecânica é uma bosta total e podiam até ter tomado vantagem disso, se rolassem easter eggs nas keywords digitadas ou se pudesse digitar as keywords de um personagem em outro, mas não. É só para encher o saco e forçar o jogador a anotar por nada.

O jogo se passa em dias diferentes, que vão mudando de acordo com o teu progresso. O primeiro dia não é (tão) ruim assim e parece que o autor dedicou um pouco mais de trabalho na sua confecção, mas depois disso, os outros dias apenas se resumem a encontrar um objeto (normalmente escondido) numa das telas. Daí o jogo fica de noite e depois tens que usar esse objeto em algum outro lugar nada a ver, seja para resolver alguma tarefa do lodge ou para o jogo progredir de forma arbitrária mesmo.

Falando em arbitrariedade, a maioria dos puzzles dos dias seguintes aparecem na maior. Por exemplo, tem um banco verde no cemitério que não pode fazer nada com ele, mas no penúltimo dia o ícone do OPERATE aparece no banco para poder ser mexido e revelar a guriazinha morta. Outra sacanagem é que alguns objetos do cenário só aparecem para interagir depois que clicas em algum objeto do inventário. Daí fica tri barbada de se perder nos puzzles, que já são aleatórios pacas. E alguns objetos só interagem quando O JOGO QUER. Dá para pegar uma escada no 3o dia que o jogador usa para pegar um objeto alto na sala dos bombeiros, mas só dá para usar ela na cripta no último dia. Antes não funciona! Essas palhaçadas aparecem mais frequentes perto do final do CD 2, quando o jogador está quase entrando no lodge. E perto do final do jogo o pixel hunt come solto, principalmente em cenários com baixo contraste, tornando os objetos quase invisíveis. Confira os spoilers nas últimas screenshots para tu veres o que é bom pra tosse.


Em resumo, este é um jogo ruim pra caralho cheio de bugs na hora de interagir com o cenário, principalmente na hora de dar load, que de vez em quando corrompe o estado de algumas telas, só consertando dando load num jogo anterior. E se clicar errado, acaba pulando alguns vídeos sem querer e tem vídeos que não tocam direito ou não funcionam mesmo. O autor desse jogo certamente é um riponga tarado e escroto, bem daqueles ativistas de facebook. Fica o tempo todo enchendo o jogo de mensagenzinha criticando o consumo de carne e fazendo ironiazinha contra os "valores americanos". Todo o argumento do jogo não faz sentido algum e dá pra ver que o cara só queria uma desculpa para encher o jogo de gore e de viadagem (nqhaeci). Não serve nem para trash porque a gore do jogo é tri bobalhona, provando que a idade mental do hippie metido a veggie é menor do que a de um adolescente médio.


Esqueci de dizer que o jogo desde o início suporta um arcadezinho ao clicar com o botão direito na tela. O jogador dá soquinhos altos ou soquinhos baixos. Depois pode pegar outros objetos para usar como arma: pá, taco de baseball, garfo de feno, espingarda, etc. Mas a parte arcade só rola mesmo quando o jogador entra no Lodge para ficar matando monstros bestas e psicóticos. Se bater nos habitantes da cidade é game ovo por assassinato.

O problema é que dentro do Lodge o jogo fica completamente otário. Quando não é arcade ruim, é pixel hunt. E os cenários são completamente aleatórios. O cara fez essa parte na maior mesmo, reusando os atores da cidade e criando situações imbecis. Esse jogo demonstra claramente o estilo dos adventures de 1996. Depois de jogar isso, nada mais importa.


Foi o pior adventure que já joguei na minha vida! Se não é gay tem que apreciar as centenas de telas que eu coloquei!