Pesquisa
avançada
12782 joguetes

tu se acha o ardcór das parada?

Filmes que vão arrebentar a boca do balão Insert Coin
  • caixa com o origami do assassino do origami.

  • este gordo chonha é um dos personagens

  • o detetive da realidade virtual

  • 1-comer 2-não comer

  • atire no magrão ou vá embora

  • mulher enfrentando o tarado transcendental

  • segurando a audiencia

  • perseguição com o detetive fodanchoso

  • oba, vamos levar a mulher pra dar uma mijada.

Um adventure imbecil pra cacete mas com gráficos bons e ideia divertida para os controles. É um filme interativo estilo Dragon's Lair, só que em vez de morrer direto, se tu erra as interações o jogo bifurca e a história vai alterando, pode acontecer de um personagem que tu controla morrer ou ir parar em um lugar diferente. Além dos direcionais rola controlar com o sensor de movimento esquisito aquele que imita o do wii ou com o esquema de mover o próprio joystick do ps3. Também tem elementos de adventure junto. O problema é a história, roteiro imbecil e cheio de furos. Tu controla quatro personagens e tens que investigar uma história de assassinato estilo aqueles filmes policiais com tortura gore que começaram a ficar famosos a partir do filme Seven com o Brad Pitt. Também tem uns elementos do filme Saw, que o vilão usa armadilhas esdruxulas com sangue e tortura. Tens que resgatar um guri que o assassino capturou antes que ele morra.

Tem vários pontos ruins pra cacete:

- Muita atividade inútil e enchedora de linguiça, como ficar arrumando as coisas na casa ou até trocar fralda de criança, que não servem pra nada, só pra tornar o jogo mais chato pra cacete.

- Roteiro imbecil e furado: vou spoilear já, um dos personagens que tu controla é o assassino, mas tu só descobre isso bem no final. Só que durante o jogo todo tu não sabe disso, apesar de controlar ele e tar tentando descobrir o assassino e poder LER OS PENSAMENTOS DELE, que não indicam nada disso. Além de tudo, tem cenas fisicamente impossíveis de acontecer, porque ele teria que estar em dois lugares ao mesmo tempo pra elas serem possíveis. Até daria pra fazer isso em um jogo, apesar da ideia ser intrinsicamente imbecil e só funcionar em filme, mas de qualquer forma, resolveram deixar furado mesmo e chamar o jogador de otário.

Rola um monte de veadagem e patifaria, pode usar os banheiros tudo só pra mulher ficar mostrando a bunda, mijando e tomando banho.

O jogo podia funcionar se não fosse tão mal feito e tão merda o roteiro. Se Snatcher ou Policenauts do Kojimão funcionam e tem gráficos e interface menos modernos...

Um polegar para baixo. Ao menos tem vários finais e algumas coisas mudam mesmo no meio da história com as tuas interações, não é totalmente linear.

Experimente, Quem sabe você não pode até gostar? Este jogo foi feito sob medida para os gordinhos da era moderna. Até ensina a montar um origami durante a instalação.


esse é um dos poucos jogos de Playstation 3 que eu me prestei a jogar até o final, a ponto de eu dar o jogo de presente de natal para um colega meu e depois sequestrar o videogame dele para eu poder jogar em casa. Daí só devolvi quando terminei o jogo.


Eu joguei afu porque o jogo tinha potencial e eu achava em vão que o jogo iria ficar bom depois, mas o desalento foi grande quando cheguei no final do jogo :(


a explicação pro magrão se revelar um assassino depois é que ele era um esquizofrênico e se esquecia da própria natureza.