Pesquisa
avançada
12782 joguetes

se estiveres te sentindo um merda

Clique aqui
  • Playstation 4
  • 2015
  • Blu-ray (auuu)
  • 1
  • 3D
  • bátima e o batimóvel na caixeta

  • bátima e o ASA noturna (baita nome imbecil) encarando os bandido do pinguim

  • o batimovel

  • roubada, o menino prodigio, em ação

  • o robinha não queria meia?

  • baita design, hã? o arhkam knight parece um jaspion ou jiban genérico

Agora já deu o que tinha que dar esta série, Robin.

Upgradearam o engine, fizeram a cidade um pouco diferente, mudaram umas coisas e era isso. A principal diferença pros jogos anteriores é que tem o batmóvel, que ficou uma merda inominável, com controle tri grotescão, e aí decidiram incorporar ele em praticamente todas missões pra te obrigar a usar e é uma chatice medonha. Tanto as partes de correr quanto as de combate com o batmóvel são um saco (até porque só tem dois ou três veículos inimigos clonados a exaustão e que repetem até não poder mais). Ficou bem inferior ao Arkham City e empata com o Asylum. Só não é pior que o reskin que é o Origins.

A história é fantástica:

Ajude o cruzado encapotado a salvar Gotham do Espantalho, que pretende espalhar o GÁS DO MEDO pela cidade inteira, já que o Coringa morreu no jogo anterior e não pode espalhar o GÁS DO RISO. Quem será o terrível Arkham Knight, o vilão fajuto que parece um Changeman ou Jaspion com essa roupa ridícula, e que está querendo encoxar o patrão Bruce? Será uma inteligência artificial, um antigo vilão ou o Robin, o menino prodígio, que se revolto contra o MORCEGÃO? Ninguém pode adivinhar. Até parece. Jogue meia horinha e descubra. E como todos dão o cu pro Coringa, deram um jeito de o Bátima ficar alucinando e vendo o Coringa toda hora, só pro the Jóker, o palhaço do crime, surgir do nada o tempo todo e ficar fazendo seus discursos sem graça que já enjoaram há anos.

Aliás, não gosto do design dos pesonagens nesses jogos e filmes modernos em que a roupa do Bátima parece uma armadura e o batimóvel parece um tanque e o MENINO PRODIGIO parece um marginalzinho pederasta de 40 anos na cara. Os inimigos também não ficam muito o canal e os capangas são bem genéricos. As músicas são uma desgraça, desde o filme com o Michael Keaton que ficam tentando imitar aquele estilo SONORO. A cidade ficou mais ou menos, uns interiores são bem feitos, mas no geral o jogo suxeia. Claro que ainda tem muita missão que é encheção de linguiça e repetição exaustiva de tarefas. Não foi desta vez, meu caro, um polegar e meio para baixo. E this game sux devido ao reaproveitamento infinito de missões sem graça e história pra boi dormir. Feito nas coxas demais. Parece que o Arkham City só ficou bom por sorte.